InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seLogin
Compartilhe | 
 

 ELEMENTAIS: Fadas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Administrador
Administrador
Administrador


Mensagens: 270
Data de inscrição: 27/03/2010

MensagemAssunto: ELEMENTAIS: Fadas   Sex Jul 09, 2010 3:59 am


Líder: Niamh - Rainha das Fadas

"O reino das fadas é um mundo de misterioso encanto,
de cativadora beleza, de humor, júbilo e inspiração, de terror,
de riso, amor e tragédia. Todavia, é um mundo para ser penetrado
com extrema cautela!"
(SANTOS, Natália Souza. Fadas. Ed. Daemon. p. 2)




O termo Fada remonta do grego e significa brilho, fulgor. Nos países de língua românica, a palavra Fatae deu origem aos termos Fata na Itália, Hada na Espanha, Fada em Portugal, Fée na França. Já nos países de língua anglo-saxônica o termo que se refere às fadas é Fays. Segundo Pierre Grimal, o termo Fada está relacionado com as Parcas, divindades que eram representadas por três estátuas, designadas Tria Fata, (tês destinos). Na mitologia romana, as Parcas eram três deusas que fiavam o destino de cada criança que nascia, simbolizado por um fio que era puxado, medido e cortado, ou seja, o comprimento desse fio representava a duração de vida atribuída a cada mortal. Segundo a mitologia, as Parcas eram filhas de Júpiter (Zeus para os gregos), que davam ao homem, quando nascia, o bem e o mal. Eram três, Cloto, a Fiandeira, que fiava o fio da vida, Láquesis, a distribuidora da Sorte, que atribuía a cada homem o seu destino e Átropos, aquela que não podia voltar‐se, portadora das “tesouras abomináveis”, que cortavam o fio da vida. As Parcas possuem ligação com as Três Moiras, que na Mitologia Grega são as responsáveis por garantirem o cumprimento do destino. Daí, o termo em latim fatum que significa fado, destino.

Desta forma, tem-se Fadas relacionadas com o destino dos humanos, como acontece nos contos de fadas: Cinderella, A Bela Adormecida, Pinocchio, Peter Pan. Todos esses clássicos da literatura infantil, como são considerados hoje, apresentam suas Fadas que interferem no destino de seus afilhados. A Fada Madrinha concede à Cinderella a possibilidade de ir ao grande baile conhecer o seu verdadeiro amor. No conto A Bela Adormecida, as Fadas oferecem virtudes à pequena princesa, com excessão de uma, que furiosa por não ter sido convidada, decreta a morte da pequena criança quando completasse 15 anos. Uma das fadas, que ainda não havia dado o seu dom, mais uma vez interfere no destino da criança, abrandando o feitiço lançado pela Fada má.

Em Pinocchio, a Fada Azul concede ao boneco de madeira seu maior desejo, tornar-se um menino de verdade. Já em Peter Pan, tem-se a famosa Tinker Bell, ou Sininho, que ajuda o jovem garoto que não quer se tornar adulto. Juntamente com Peter Pan, Tinker Bell vai em busca de várias aventuras, ajudando o garoto, tendo ciúmes de Peter quando este encontra Wendy. Esta relação entre seres feéricos e humanos é bastante rica e cultivada nos livros e histórias sobre os seres encantados.




O mundo das Fadas sempre causou admiração entre os humanos, que buscam a todo instante descrever esse lugar mágico e seus habitantes, sempre utilizando suas criativas imaginações para adentrarem ao fantástico mundo feérico. Mas o mundo das Fadas não é como o pintam, não mais...

Rezam as lendas que o povo feérico surgiu de uma parte dos Elfos. Estes não confirmam tal procedência e muito menos aqueles. Em uma era muito distante, eles eram apenas um, mas alguns começaram a ganhar novas habilidades, e novas formas. Surgiram as asas para algumas Fadas, enquanto outras permaneciam apenas com pequenas alterações, tais como orelhas com pontas coloridas, ou um olho diferente. A habilidades se tornavam a cada geração mais distintas, até que houve a separação entre os que um dia foram chamados de iguais.

O porte elegante, atlético e esbelto continua a fazer parte das duas raças, mas as Fadas desenvolveram poderes mágicos que se tornaram bastante característicos, sem falar nas asas e orelhas pontudas.

Porém a versão mais confirmada e aceitas pela maior parte dos integrantes da raça feérica é a de que as Fadas surgiram da pura magia da natureza, que as criou como guardiãs dos quatro elementos: Terra, Água, Fogo e Ar. Dizem que Gaia, a mãe natureza, precisava de guerreiros que pudessem comandar e cuidar de seus elementos, mantendo-os em harmonia, em equilíbrio. Assim, ela tirou de seu próprio poder aqueles que dariam origem à nação feérica.

Por serem os guerreiros de Gaia, as Fadas foram dotadas de características próprias, que as tornam diferentes perante outros seres mágicos. As asas são as que mais chamam a atenção. Algumas são grandes, outras pequenas, algumas coloridas, outras quase que invisíveis, mas ambas possuem uma grande força, capaz de manter os corpos feéricos no ar por longos períodos de tempo. As Fadas são seres de grande força mágica e de temperamento também bastante forte. São seres muito inteligentes, que primam por boas conversas e por belas festas. Estas são características em quase todos os Ninhos das Fadas. Sempre a cada nova estação uma festa é realizada, fora as demais festas para se comemorarem inúmeros eventos.

Em geral, as fadas assumem um tamanho entre 1,40 m e 1,90 m de altura e pesam entre 40 e 120 quilos. As tonalidades de sua pele são bastante variáveis e diversificadas, podendo ser tanto de tons comuns aos humanos, indo do negro escuro ao branco leitoso, quanto de tons mais exóticos. Geralmente a cor da pele da fada fica em consonância com o seu elemento mágico. Uma fada do Fogo dificilmente terá uma pele da cor branca leitosa, mas sim cores mais fortes como um tom mais bronzeado. Seus cabelos geralmente são brilhantes e acompanham o tom de pele ou o do elemento mágico da Fada (Fogo, Água, Ar e Terra), podendo assumir diferentes tons, desde os comuns até os mais exóticos. Suas orelhas são pontudas como as de um elfo, tornando ainda mais bela a figura feérica.

As Fadas evoluíram no passar do tempo, e algumas características se acentuaram mais enquanto outras tornaram-se quase imperceptíveis. As Fadas que aprenderam a se esconder entre os humanos, antes nas florestas, cavernas, ou apenas recantos protegidos por magia, hoje se escondem entre os próprios humanos, entretanto a maioria convive em grupos, afastados e protegidos por poderosas magias. Para aquelas que decidiram viver entre os humanos, o poder de disfarce tornou-se de grande importância e assim, elas podem assumir a forma humana, que será escolhida apenas uma vez. Nessa forma a Fada dificilmente se torna reconhecida como um ser feérico, pois não apresenta asas e nem orelhas pontudas, mas seus poderes mágicos a acompanha e ela deve tomar o cuidado para não ser descoberta. Cada Fada tem a possibilidade de escolher uma forma humana para si, mas esta só é escolhida uma única vez, e nenhuma Fada terá a mesma aparência que outra de sua raça.

Apesar de tantos anos e anos de convivência, os humanos não estão prontos ainda para aceitarem a convivência com os seres mágicos. Eles gostam de imaginar e criar um mundo que na realidade existe, mas que ele ainda não aceitam enxergar. Por isso, para uma Fada é muito importante esconder sua essência feérica, para manter-se segura junto à ambição e sede de conhecimento que acompanham a natureza humana.


Última edição por Administrador em Sab Jul 10, 2010 5:29 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://azeroth.forumeiro.org
Administrador
Administrador
Administrador


Mensagens: 270
Data de inscrição: 27/03/2010

MensagemAssunto: Re: ELEMENTAIS: Fadas   Qui Jul 08, 2010 10:59 pm



As Fadas, como todos outros seres, são formadas pela união dos quatro elementos, tendo suas emoções e suas personalidades influenciadas pela presença do fogo, terra, água e ar, em diferentes proporções. Por isso, as Fadas recebem o nome do elemento que mais se destaca em sua personalidade e poder mágico.

Elas surgem do relacionamento de uma Fada moça e um Fada moço, como se fosse um bebê humano normal. Seu desenvolvimento é semelhante ao dos humanos, até que a Fada complete 13 anos humanos, passando nesse momento a apresentar os poderes e suas características físicas. É muito raro uma Fada não herdar os poderes de seus pais, principalmente se esses forem do mesmo elemento. Entretanto, tem-se muita mistura de elementos, e nestes casos é praticamente impossível saber qual elemento será o da pequena Fada, devendo esta esperar que ele se manifeste para então começar o treinamento.

O surgimento das características feéricas ocorre após o aniversário de 13 anos, uma festa muito importante para qualquer Fada. Após esse período o desenvolvido do ser mágico se dará em um ritmo próprio. Entretanto, algumas características sempre surgem quase que uniformemente em todas elas, tais como as orelhas ficarem pontudas e o surgimento das asas. Algumas apresentam mudanças nos tons dos olhos, pele e cabelos. O desenvolvimento do poder de uma Fada depende exclusivamente dela. Assim que ele surge, a Fada recebe autorização para treinar seus poderes e aperfeiçoá-lo, sempre com a supervisão de uma tutora, geralmente uma Fada experiente do grupo.

Uma Fada não é imortal, mas o seu tempo corre de forma distinta dos humanos após o 13º aniversário. Não se pode dizer com certeza quanto tempo uma Fada vive, mas se sabe que algumas possuem mais de cinco mil anos de vida. A sabedoria de um ser feérico é grande e passada de geração em geração, bem como os ensinamentos sobre os elementos e o treinamento para saber lidar com seu poder e a cumprir a missão dada por Gaia.

Fadas do Fogo

As Fadas do Fogo são seres alegres, impulsivos, decidos e firmes. Apresentam uma constituição mais robusta, postura ereta e transmite a segurança em todos os movimentos. O elemento fogo garante a essas fadas uma autoconfiança e um otimismo praticamente indestrutíveis. São líderes natos e por isso querem sempre assumir a frente em qualquer evento. O humor feérico influenciado pelo fogo é explosivo e autoritário. As Fadas do Fogo não aceitam bem uma crítica, então, dizer que elas estão erradas não é a melhor forma de se tornar amiga de uma. Elas preferem as cores quentes e mais fortes e a estação preferida é o Verão.

Características físicas:

As Fadas do Fogo em sua grande maioria apresentam a pele com uma tendência à cor bronze, sendo mais morenas, com cabelos pretos ou avermelhados. As asas dessas fadas apresentam as pontas avermelhadas, como se estivessem em brasa. Devido ao elemento Fogo, a temperatura dessas fadas é mais alta que o das demais. Elas são imunes às magias criadas com seu elemento e possuem uma velocidade de voo acima da média.

Fadas do Ar

As Fadas do Ar são seres inquietos, portadores de uma grande extroversão e geralmente ansiosos. São Versáteis e mentalmente ágeis. Por possuir um espírito inquieto, esses seres que possuem o Ar como seu elemento principal muitas vezes não conseguem manter o foco por muito tempo em uma única atividade. A liberdade é muito prezada por esses seres que adoram estar em constante movimento. Também adoram estar nas festas, dançando e cantando. São inteligentes e possuem uma grande curiosidade por todo tipo de assunto.

Características físicas:

As Fadas do Ar em sua grande maioria apresentam a pele com uma tendência às cores mais pálidas, mas por estarem sempre em movimento, apresentam um aspecto bastante saudável, e algumas possuem belas bochechas roseadas. Os cabelos geralmente são claros, variando em vários tons loiros até o prateado. Suas asas são quase transparentes, sendo algumas vezes necessário se concentrar para vê-las. Geralmente são esguias e possuem uma extraordiária flexibilidade, sendo consideradas as acrobatas do ar, uma vez que seus voos são regidos por inúmeras acrobacias.

Fadas da Água

São fadas com o temperamento tranquilo e sensível, e não gostam muito de demonstrarem seus sentimentos. Por serem tranquilas, as Fadas da Água gostam de lugares calmos, de serem passivas, o que as vezes pode ser visto pelas demais fadas como um certo comodismo. Não gostam muito de mudanças, apesar de serem bastante disciplinadas. Também possuem inclinação artística, principalmente com referência ao artesanato. O voo não é o mais rápido, uma vez que essas fadas preferem observar a paisagem ao seu redor.

Características físicas:

Seu tipo físico não é muito definido, podendo ter uma estatura alta ou baixa, mas tem a tendência a acumular peso. Seu olhar cândido, inocente e sem malícia provoca nos outros uma imediata empatia. Gostam de estar sempre em contato com seu elemento, principalmente para descansar. Suas asas são geralmente na cor azul ou outra tonalidade e sua pele tem tendência a ter algumas escamas, como de peixes. Mas nada muito perceptível, na maioria das vezes. As Fadas da Água gostam de manter a aparência sempre intacta e seus cabelos são verdadeiros refrescos para os olhos, principalmente os de algumas que possuem cabelos em tons azuis ou roxo. Em sua maioria possuem os cabelos negros, mas gostam de sempre dar um detalhe a mais.

Fadas da Terra

São serenas, responsáveis e perfeccionistas. Conseguem com grande facilidade a confiança de outros seres, e estão sempre prontos para auxiliar, apesar de possuírem um pessimismo um pouco acentado. As Fadas da Terra possuem pouco humor, o que atrapalha suas relações. Por serem responsáveis, elas tendem a ter os pés mais no chão e não se deixam devagar nem se encantam a primeira vista por qualquer coisa, pois primeiro precisam ponderar e traçar metas e objetivos antes de qualquer atitude. Preferem caminhar a voar.

Características físicas:

De tipo predominantemente magro e longilíneo, tem pernas e braços compridos e olhos profundos, geralmente castanhos. O jeito de caminhar é firme, mas um tanto pesado. Gostam de andar com os pés descalços na maioria do tempo, pois é com o contato com a terra que aumentam suas energias. Os cabelos são de variados tamanhos e castanhos em sua maioria. O tom de pele varia muito, podendo ser claros ou escuros. Suas asas são grandes e de cores amarronzadas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://azeroth.forumeiro.org
Administrador
Administrador
Administrador


Mensagens: 270
Data de inscrição: 27/03/2010

MensagemAssunto: Re: ELEMENTAIS: Fadas   Qui Jul 08, 2010 11:00 pm


Quanto mais experiente é uma Fada, maior é o seu poder e a sua compreensão junto à sua missão e maior é a sua cumplicidade com seu elemento. Dependendo de sua idade, uma Fada pode fazer coisas incríveis, que talvez nem a mais criativa imaginação humana possa pensar. Quanto mais nova, mais a aprender uma Fada tem, mas isso não isenta as Fadas mais adiantadas de continuarem seus aprendizados.

Uma Fada nunca para de aprender. Está sempre em busca de novos conhecimentos, novas técnicas, novos feitiços e novas formas de se tornar mais ligada ao seu elemento, compreendendo-o em sua plenitude. Elas também se tornam, com o passar dos anos, capazes não apenas de aprenderem a dominar o seu elemento, mas também aprendem a utilizar os outros elementos, claro que não conseguirão executar magias avançadas, pois estas somente aquelas que desenvolveram aquele elemento será capaz.

São ao todo 13 Gerações de Fadas. Toda Fada, em termos de jogo inicia na 1ª Geração, evoluindo de acordo com seu desempenho dentro do jogo e seu próprio aprendizado. Quanto mais desenvolvida for uma Fada, mais poderes se apresentam para que ela possa apreendê-los.

Durante a mudança de uma Fada de uma forma humana comum para a forma feérica, que geralmente acontece na 1ª Geração, algumas Fadas se desenvolvem primeiro que outras, ganhando suas características rapidamente. Outras vão ganhando aos poucos, e é possível ver características feéricas surgindo ainda na 4ª Geração, apesar de não serem muito comum. Algumas Fadas não se desenvolvem por completo, não apresentando, em sua maioria asas. Mas há alguns raros casos em que uma Fada não apresentará nunca uma distinção de qual é o seu elemento principal. Não sabendo qual é o seu elemento, elas recebem treinamento em todos, mas nunca conseguirá se sair tão bem quanto uma que já definiu seu elemento.

As Fadas tidas como sem elementos são as responsáveis por cuidar da história das Fadas, dos tomos mágicos que registram desde o surgimento da primeira Fada e da própria magia até os dias atuais. São Fadas historiadoras, que gastam seu tempo estudando os antigos escritos, que pesquisam e criam novas técnicas para as outras Fadas. É um trabalho de grande importância e muito apreciado pelas demais Fadas.

G1 - 13 anos a 100 anos
G2 - 101 anos a 200 anos
G3 - 201 anos a 300 anos
G4 - 301 anos a 400 anos
G5 - 401 anos a 500 anos
G6 - 501 anos a 600 anos
G7 - 601 anos a 700 anos
G8 - 701 anos a 800 anos
G9 - 801 anos a 900 anos
G10 - 901 anos a 1.000 anos
G11 - 1.001 anos a 2.000 anos
G12 - 2.001 anos a 3.000 anos
G13 - 3.001 anos acima


Como seres repletos de magia, as Fadas possuem dons muito incomuns para os seres humanos. Alguns dons são comuns a todos os seres feéricos, sejam eles de qual elemento for ou para aqueles que não tenham determinado um elemento. Geralmente esses dons são os primeiros a se manifestarem entre as crianças Fadas.

Beleza Feérica - As Fadas são seres mágicos agraciados por uma beleza que encanta. Seu esplendor e exuberância é enxergado por todos, estando ela em sua forma feérica ou humana. Qualquer que seja sua aparência, pode ser a mais idosa, uma Fada sempre chama a atenção por onde passa. Uma elegância nata, perceptível até mesmo no lançar de suas magias. Sua beleza natural atrai qualquer criatura e em muitos casos, as Fadas adoram utilizar esse dom para seduzirem as outras raças.

Forma Humana - toda Fada deve aprender este poder, que permite à Fada assumir uma forma humana comum que desejar. Ela é capaz de se transformar em uma humana, com qualquer aparência que desejar. A Fada assume apenas uma forma, e uma vez escolhida esta forma, não poderá ser mudada.

Asas Feérica - As asas das Fadas variam muito poucos, sendo a maioria pequenas asas de insetos que possuem velocidades limitadas (definidas pelo nível do poder). Porém, o uso das Asas só pode ser feito na forma de Fada. Raras são as Fadas que não desenvolveram suas asas, e por esse motivo, elas não consegue voar, necessitando de outros métodos ou da ajuda de outra Fada.

Nível 1: a Fada possui um par de asas de borboletas e é capaz de voar a até 20 m/s.
Nível 2: a Fada possui um par de asas e é capaz de voar a até 40 m/s.
Nível 3: a Fada possui até dois pares de asas e é capaz de voar a até 80m/s.
Nível 4: a Fada possui quatro pares de asas de mosquito e é capaz de voar a até 160 m/s.
Nível 5: a Fada possui quadros pares de asas de libélula e é capaz de voar até 320 m/s.

Camuflagem - o dom de se esconder utilizando-se do meio ambiente em que se está. Tornar-se invisível à olhos indesejáveis, ou apenas não querer ser vista. Somente na forma feérica essa magia pode ser utilizada.

Nível 1: Camaleão. Não só muda as cores de sua pele como pode adotar padrões de cores compatíveis com o ambiente onde a Fada esteja. Não exige concentração e é comum a todas as Fadas. Para uma Fada G2 esta é a primeira lição a ser aprendida.

Nível 2: Predador. A Fada se torna um borrão, impossível de ser detectada por métodos naturais. As Fadas da G3 dominam perfeitamente este nível da camuflagem.

Nível 3: Invisibilidade. A Fada é capaz de se tornar invisível. Só pode ser detectada por Magia. É preciso a Fada se concentrar e querer estar invisível, por isso, somente Fadas da G5 em diante possuem poder suficiente para este nível.

Telecinésia - Apesar de serem criaturas mágicas de grandes poderes, as Fadas não possuem muita força física, por isso, elas se utilizam da Telecinésia, para movimentarem qualquer objeto ou outro ser. Elas precisam se concentrarem para utilizarem esse dom, uma vez que, dependendo do tamanho do objeto, ela pode gastar alguns pontos de magia. Com esse poder elas podem abrir portas, empurrar pessoas, mover objetos, etc.

Nível 1: permite à Fada mover até 25Kg com a força de sua mente. Todas as Fadas conseguem levantar essa quantidade de peso.
Nível 2: permite à Fada mover até 50Kg com a força de sua mente. Para as G2
Nível 3: permite à Fada mover até 100Kg com a força de sua mente. Para as G3
Nível 4: permite à Fada mover até 200Kg com a força de sua mente. Para as G4 e G5
Nível 5: permite à Fada mover até 400Kg com a força de sua mente. Pode conter um cavalo, ou erguer uma carroça. As Fadas da 6ª Geração conseguem com facilidade mover essa quantidade peso.

Específicos de cada elemento

Fogo

Toque Ardente
Fadas G4
A fada do fogo pode fazer qualquer material não vivo atingir seu ponto de fusão com um simples toque.

Barreira de Fogo
Fadas G5
A fada do fogo cria uma muralha de fogo de 2 m de altura e 5 m de comprimento. A barreira dura 1 turno, não podendo ser usado pela Fada por dois consecutivos.

Chamas Eternas
Fadas G9
A fada do fogo pode invocar chamas que queimam eternamente... O fogo só poderá ser apagado por uma fada do fogo ou desejo da fada da Luz, se a fada que criou as chamas for destruída as chamas apagaram.

Fogo Estelar
Fadas G11
A fada do fogo pode criar uma temperatura quase infinita equivalente ou superior à de uma estrela maior.

Terra

Toque Pedrificante
Fadas G4
A fada da terra pode petrificar ou transformar em pedra qualquer material não vivo com um simples toque.

Barreira de Terra
Fadas G5
A fada da terra pode utilizar os grãos de terra para criar um muro à sua frente, protegendo-a de ataques. A barreira dura 1 turno, não podendo ser usado pela Fada por dois consecutivos.

Terremoto
Fadas G9
A fada da terra pode criar terremotos de escala 1 até 9.

Controle Gravitacional
Fadas G11
A fada da terra pode manipular as órbitas des planetas do universo manipulando seu movimento através de forças gravitacionais.

Água

Toque da liquidificação
Fadas G4
A fada da água pode transformar em liquido qualquer material não vivo com um simples toque.

Telepatia
Fadas G5
A fada da água pode conversar com qualquer ser marinho, apenas utilizando o poder da mente. Precisa estar em contato com a água para poder utilizar esse poder.

Controle marítimo
Fadas G9
A fada da água pode criar ou alterar as correntezas criando Tesunami facilmente.

Estados da Água
Fadas G11
A fada da água pode manipular os três estados da água, podendo evaporar ou mesmo congelar tudo que tiver água em sua composição.

Ar

Barreira de Vento
Fadas G4
A fada do ar cria um escudo com o ar ao seu redor.
No nível dois (G5), ela pode criar a barreira ao redor de outras criaturas, podendo estar até 2 m de distância do objeto/pessoa a ser protegido.
A barreira dura 1 turno, não podendo ser usado pela Fada por dois consecutivos.

Falta de Ar
Fadas G7
A fada do ar pode retirar o ar de um ambiente de até 16m² ou uma área aberta em um raio de até 2 metros.

Controle dos ventos
Fadas G9
A fada pode criar tornados, ciclones ou furacões à vontade.

Sentidos do Vento
Fadas G11
A fada do Ar pode sentir, ouvir ver e cheirar tudo que estiver em contado com o ar a qualquer distância e instantaneamente.

Pormenores de Fadas

Como seres feitas de energia, criada por Gaia, as Fadas são criaturas que possuem um grande poder mágico e emanam esse poder, tanto que uma fada do fogo possui uma temperatura mais alta que outros seres, já a fada da água possui sua temperatura corpórea um pouco mais baixa e úmida, como se tivesse saído de um mergulho em um lago . Ao se aproximar de um ser feérico do ar é possível sentir uma corrente de ar e um frescor e das fadas da terra é possível sentir um magnetismo que parece o manter preso ao chão, dando-o um equilíbrio maior do que poderia ter.

Como elementais, eles sentem um ao outro, podendo ver com grande nitidez a aura de outro ser feérico, podendo através dessa aura, identificar de qual elemento aquela fada pertence. Como as fadas só começam a emanar essa energia após o 13º aniversário, antes disso é praticamente impossível a uma fada identificar outra sem que a tenha conhecido previamente. Se cruzar com uma criança feérica, sem nunca a ter visto, não poderá diferenciar que é uma fada.

Com respeito às demais raças, as fadas podem sentir a energia que emana de cada uma, mas não pode precisar a qual raça pertence, apenas sabem que aquele ser não é um humano, pois as energias são distintas. Ao sentirem as energias que emanam de cada ser, uma fada a vê de três formas:

  • Azulada, quando a aura está maculada, ou seja, seu portador não segue pelos caminhos do bem há muito tempo, emanando uma energia negativa.
  • Branca, quando a pessoa portadora da aura se mostra íntegra, e emana uma energia positiva.
  • Laranja, que significa que o portador ainda não cruzou nenhum dos caminhos definitivos que levam a aura ficar ou azulada ou branca. Ou seja, o portador ainda não cruzou o ponto irreversível em seu caminho, aquele que o levará para o bem ou para o mal.

Entretanto, essa característica dos seres feéricos não funciona muito bem quando há uma grande diversidade de raças em um único espaço. Elas continuam a sentir energias diferentes, mas elas não sabem precisar de onde elas veem. Para precisar, ela deverá se concentrar e passar por um teste percepção, nível difícil.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://azeroth.forumeiro.org
 

ELEMENTAIS: Fadas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Fadas ( Homens e Mulheres )
» Yousei (Fadas)
» [Fanfic] Jogos elementais
» Rota das Fadas
» Chaos (Crônica Oficial)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
RPG Azeroth ::  :: -